Facilitar a sua comunicação
e melhorar os seus resultados.

É isso o que fazemos.

Estudantes aprendem a organizar as finanças em projeto do Sicoob ES

Curso e teatro de bonecos integram as atividades lúdicas para incentivar o controle dos gastos

7 de maio de 2018

Quando chega o dia do pagamento, o dinheiro costuma ser usado para quitar as contas e, o restante, despesas do dia a dia, quando sobra. O ciclo parece nunca ter fim, e os gastos se multiplicam a cada mês devido ao desequilíbrio das finanças. Segundo pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), seis em cada 10 brasileiros (58%) nunca dedicam tempo a atividades de controle da vida financeira, o que justifica o descontrole. A educação financeira se destaca como solução para o controle do dinheiro, uma das metas difundidas pelos órgãos que regulam a economia do País. Aqui no Estado, o Sicoob ES contribui para o incentivo à administração eficiente dos gastos, promovendo, junto com o site Cidadania Financeira, do Banco Central do Brasil (BACEN), um programa voltado para a base da sociedade: as crianças e os adolescentes. Projeto Trata-se do projeto “Arte de Somar”, que é desenvolvido com estudantes que estão entre o sétimo e o nono ano do ensino fundamental. Neste ano, as atividades serão realizadas na próxima semana, entre os dias 14 e 20 de maio, durante a Semana Nacional de Educação Financeira. A ação será feita em três etapas. Na primeira, os jovens vão acompanhar o lançamento e realizar um curso on-line sobre finanças no site do BACEN. A expectativa do Sicoob este ano é de que 1.500 alunos sejam capacitados por meio das atividades contempladas nesta fase. Em seguida, os estudantes participam de uma oficina de teatro de bonecos, na qual eles vão ensaiar uma peça sobre a gestão financeira eficiente e, por fim, apresentar o resultado para os colegas de outras turmas. Na história, é feita uma analogia entre as finanças e o meio ambiente, por meio de uma abordagem didática e uma linguagem divertida. A intenção é fazer com que os adolescentes compreendam a importância do controle do dinheiro e dos gastos. Desorganização financeira Para Sandra Helena Kwak, superintendente do Sicoob ES, grande parte da população acredita que já sabe o suficiente sobre o tema. Porém, no dia a dia, enfrenta o descontrole nas finanças, o que impede a realização dos projetos pessoais. “As pessoas precisam ser educadas desde a infância sobre o valor do dinheiro e a necessidade da disciplina diária para que as metas se tornem conquistas. Somente a educação financeira pode combater o descontrole nas contas e evitar o acúmulo delas”, afirma. Ainda de acordo com Sandra, o projeto “Arte de Somar” é uma semente sendo plantada junto aos adolescentes, para que o consumo consciente seja praticado e assim a vida das famílias e o contexto geral da sociedade melhore. Os municípios incluídos no projeto este ano são Vila Velha, Santa Maria de Jetibá, São Roque do Canaã, Marilândia, Rio Bananal, Santa Teresa, Itarana, Iguaçu, Domingos Martins, Alfredo Chaves, Pinheiros, São Mateus, Barra de São Francisco, Novo Brasil e São Gabriel da Palha. Somente em 2017, cerca de 3,6 mil adolescentes participaram das atividades. Sobre o Sicoob O Sicoob é o maior sistema cooperativo de crédito do País. Aberto a empresas e a pessoas físicas, trabalha com produtos e serviços tipicamente bancários, com custos menores do que os do mercado. Os associados, que são donos do negócio, participam dos resultados e dispõem de tecnologia que facilita a movimentação. Além disso, têm a mesma segurança que os clientes de bancos comerciais, pois a instituição garante cobertura de R$ 250 mil por cliente. Com operação no Espírito Santo e no Rio de Janeiro, o Sicoob ES tem mais de 240 mil associados. São oito as cooperativas filiadas: Norte, Leste Capixaba, Centro-Serrano, Sul-Serrano, Sul, Sul-Litorâneo, Sicoob Credirochas e Sicoob Credestiva. O sistema atua em todo o Brasil, com 2,6 mil unidades, e atende 4 milhões de associados.