Facilitar a sua comunicação
e melhorar os seus resultados.

É isso o que fazemos.

Entenda o motivo que levou Marcelo a ficar de fora do jogo contra a Sérvia

Lateral-esquerdo do Brasil teve espasmo na coluna e precisou ser substituído aos 9 minutos da partida

28 de junho de 2018

O jogo contra a Sérvia, nesta quarta-feira (27), começou deixando a torcida brasileira apreensiva. Isso porque, nos primeiros minutos de partida, um dos principais nomes do time brasileiro, o lateral-esquerdo Marcelo, machucou a coluna e precisou ser substituído.

De acordo com o médico da Seleção, Rodrigo Lasmar, o espasmo nas costas do titular do Brasil e do Real Madrid pode ter sido provocado pelo colchão do hotel no qual ele estava hospedado. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) associou o estiramento a uma tentativa de arrancada.

Para o ortopedista Lourimar Tolêdo, membro da Sociedade Brasileira de Coluna (SBC), o estresse também pode ter influenciado. Os espasmos, segundo ele, são contrações involuntárias do músculo, que não consegue relaxar, por isso torna-se rígido e muito dolorido. “No caso do Marcelo, as costas ficaram travadas, o que o impediu de se movimentar”, explica.

Lourimar Tolêdo ressalta que o estresse atrapalha as noites de sono e prejudica a coluna. “Quando alguém fica ansioso ou se sente pressionado, os músculos se contraem. Essa reação causa incômodos na lombar. O cansaço, por sua vez, torna as costas mais suscetíveis a esse risco”, diz.

O médico esclarece que o quadro não é grave. “Normalmente, a medicação para dor, a fisioterapia e a massagem no local são suficientes para resolver o problema. A tendência é que a situação seja revertida com rapidez. Como o próximo jogo será realizado apenas na próxima segunda-feira (2/7), Marcelo provavelmente já estará recuperado”, tranquiliza o ortopedista.