fbpx
Rua José Farias, 98, sala 806 - Santa Luíza, Vitória - ES.

Conhecimento técnico ajuda produtores a melhorarem a qualidade das plantações

Especialista fala da importância do uso de técnica criada para otimizar a produção e impulsionar o ciclo nutricional nas plantações

 

Produzir alimentos de boa qualidade requer a adoção de alguns cuidados, que vão desde a preparação e plantio das mudas até a sua frutificação e colheita. Portanto, para garantir uma boa produção e obter mais eficiência aos cultivos, é importante estar atento a todas as fases para não ter perdas e também optar por técnicas efetivas, como o uso da fertirrigação, processo de aplicação dos fertilizantes via irrigação.

Segundo o engenheiro agrônomo e diretor da Hydra Irrigações, Elídio Torezani, o uso inteligente dos fertilizantes interfere diretamente no resultado agrícola.  Existem espécies vegetais que necessitam de um cuidado ainda mais específico que, muitas vezes, acaba passando despercebido pelos agricultores.

“Muitos não sabem que uma das etapas mais importantes no cultivo do café, por exemplo, é a sua floração. Esse período é responsável por definir o potencial produtivo do cafezal e, por isso, é de extrema importância estar atento às condições nutricionais das plantas e adicionar os nutrientes necessários para que ocorra um florescimento adequado. Boa parte dos produtores suspendem as práticas de irrigação e nutrição durante o período da colheita, esquecendo-se que a etapa fenológica seguinte é a floração. Com isso, as plantas entram nessa fase com grandes déficits nutricionais”, afirma Torezani.

Gotejamento

Para que esse processo seja efetivo, ele recomenda o uso do sistema de gotejamento, técnica que reduz os custos com mão de obra, equipamentos e fertilizantes, sem atrapalhar as praticas relacionadas à colheita e poda.

“O gotejamento é um dos sistemas mais eficientes, pois os gotejadores entregam a água e os fertilizantes junto ao sistema radicular das plantas, contribuindo para o melhor aproveitamento desses insumos”, relata.

Com a plantação pimenta-do-reino, uma das especiarias mais antigas e que tem caído no gosto dos produtores brasileiros, também é assim. Neste tipo de plantação, a fertirrigação também pode e deve ser realizada, favorecendo o desenvolvimento e facilitando os tratos culturais, o manejo e a mão de obra.

Produtividade e vantagens

De acordo com Elídio, o produtor que opta pelo uso da fertirrigação permite aplicar os insumos na safra de forma fracionada. Ou seja, quanto mais o fertilizante é distribuído em pequenas porções ao longo do ciclo da cultura, melhor é o seu aproveitamento pelas plantas.

A técnica de fertirrigação avançada também permite que o produtor maximize a produtividade e reduza os custos com nutrientes, fornecendo às plantas o que elas precisam, sempre na hora exata.

“Os benefícios existem tanto pelo ponto de vista técnico, como em relação à economia. A principal vantagem é que esse fracionamento permite ajustar com muita exatidão a relação de demanda e oferta de cada um dos nutrientes, promovendo resultados mais rápidos, econômicos e eficientes se comparados à aplicação convencional, feita via solo”, pontua.

Sobre a Hydra Irrigações

A Hydra Irrigações é uma das empresas detentoras da tecnologia mais avançada no segmento em nível nacional.

Pioneira na aplicação de conhecimento e de técnicas para priorizar a economia de água na irrigação no País, a empresa, com sede em Linhares (ES), tem experiência de quase três décadas de atuação e pesquisa para associar em seus projetos critérios agronômicos rigorosos a equipamentos de ponta. O objetivo é promover alta performance de todos os recursos, considerando as necessidades e especificidades de cada cliente.