fbpx
Rua José Farias, 98, sala 806 - Santa Luíza, Vitória - ES.

Médico explica por que dor nas costas aumentou durante a pandemia

Sedentarismo e ansiedade causados pela quarentena contribuem para uma piora nas dores de coluna, conforme aponta estudo brasileiro

Um estudo online realizado em 2020 com 45.161 pessoas em todo o Brasil pela Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Fiocruz e Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) apontou que as dores de coluna aumentaram 41% durante a pandemia. Este percentual era de 18,5% antes da quarentena. 

Além disso, um terço dos entrevistados disse que tiveram uma piora nas dores que já sentiam.

“A pandemia já dura 11 meses e desde então os brasileiros tiveram suas rotinas alteradas por causa da quarentena. Antes do coronavírus, 36% das pessoas faziam atividade física. Esse percentual caiu para 14%. O sedentarismo somado ao estresse do confinamento acaba gerando dores na coluna por conta da tensão que ela sofre”, explica o ortopedista Lourimar Tolêdo, do Ráquis Instituto da Coluna.

Segundo o especialista, pessoas ansiosas acabam comendo mais do que deveriam. Com isso, o ganho de peso eleva a sobrecarga na coluna, o que pode causar sérios danos. 

De acordo com o estudo, antes da pandemia, os brasileiros assistiam TV por 1,8 hora ao dia. Na quarentena, esse tempo subiu para 3,3 horas. O período em frente ao computador, tablet ou celular subiu de 3,8 horas por dia para 5,3 horas. 

Home office

Lourimar Tolêdo lembra ainda que muita gente passou a trabalhar em casa durante a pandemia, e que nem sempre o trabalho em home office está sendo feito em ambiente ergonomicamente adequado, o que contribui para um aumento nos casos de dor nas costas. Para o especialista, é preciso cuidar da coluna também enquanto trabalha.

“A mudança repentina de local de trabalho provocou uma epidemia de dor nas costas. Para minimizar esse problema, dê preferência a uma cadeira ergonômica, que permita se sentar numa posição adequada, deixando a coluna na postura correta. Outras dicas importantes são manter os pés em contato com o chão enquanto estiver sentado, e deixar a tela do computador na mesma altura dos olhos, para não forçar os músculos do pescoço”, afirma Lourimar Tolêdo.

O ortopedista recomenda ainda a parar e alongar o corpo a cada uma hora de trabalho: “Levante-se para beber água ou ir ao banheiro, aproveitando para se esticar um pouco”.

Dicas para evitar dores na coluna:

Fora do trabalho

• Não se descuide da atividade física. O ganho de peso eleva a sobrecarga na coluna, o que pode causar sérios danos.

• Reduza o tempo à frente do computador, celular, tablet ou TV. Manter o corpo em movimento é um cuidado importante com a coluna.

Durante o trabalho

• Use uma cadeira ergonômica, que permita se sentar numa posição adequada, deixando a coluna na postura correta.

• Mantenha os pés em contato com o solo enquanto estiver sentado.

• Deixe a tela do computador na mesma altura dos olhos, para não forçar os músculos do pescoço.

• Pare e alongue o corpo a cada uma hora de trabalho.