Rua José Farias, 98, sala 806 - Santa Luíza, Vitória - ES.

Cirurgia da coluna por vídeo: pequenas incisões e mais segurança

No lugar de bisturi e de grandes cortes no corpo do paciente, pequenas incisões e uma recuperação muito mais rápida, com menos dor e redução no tempo de internação. A cirurgia por vídeo já é comum em vários procedimentos médicos, e a boa notícia é que ela também é uma opção eficiente para quem sofre de hérnia de disco.

O ortopedista Lourimar Tolêdo, membro da Sociedade Brasileira de Coluna (SBC), explica que a cirurgia, chamada Discectomia Endoscópica, é indicada para aquelas pessoas que não tiveram solução com medicação, fisioterapia e exercícios físicos.

Lourimar Tôledo, que está na Alemanha nesta semana participando pela quinta vez de um curso de atualização sobre o procedimento no País, trará novidades para o Espírito Santo no próximo dia 16, que é quando voltará ao Estado.

Segurança

O médico explica que, diferente da técnica convencional, a cirurgia por vídeo utiliza incisões pequenas e promove mais segurança e conforto ao paciente.

“Durante o acesso cirúrgico tradicional, estruturas importantes para a função normal da coluna são parcial ou completamente danificadas, em especial a musculatura e os ligamentos, causando dor e disfunção, em alguns casos”.

Ainda de acordo com o médico, quando são utilizadas técnicas menos invasivas, a agressão aos tecidos e a dor pós-operatória são reduzidas, o que diminui o tempo de recuperação.

Um dos benefícios do procedimento, de acordo com o ortopedista, é o acesso mais fácil à coluna, o que aumenta as chances de remoção total da hérnia de disco, do bico-de-papagaio (artrose) e também promove a descompressão da região por onde passam os nervos.

Segundo o médico, isso permite que a pessoa que está tratando as costas volte rapidamente à rotina normal, podendo receber alta, inclusive, no mesmo dia.

Related Posts

Deixe um comentário