Rua José Farias, 98, sala 806 - Santa Luíza, Vitória - ES.

Educação financeira pode evitar falência de empresas

Programa desenvolvido pelo Sicoob ES será apresentando em fórum de cidadania, nesta terça-feira (7), em Vitória

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 60% por cento das empresas não sobrevivem após os primeiros cinco anos de atividades e, quando considerados os micro e pequenos negócios, o percentual pode ser ainda maior. A falta de uma gestão financeira adequada está entre os principais fatores que podem justificar esse dado.

A empresária Yasmin de Souza Kumm, proprietária da Oficina Mecânica e Auto Peças Santa Maria, não tinha muita experiência quando abriu seu negócio, o que dificultava a administração e a geração de lucro. Após participar de um treinamento promovido pelo Sicoob ES, a mudança foi nítida: conseguiu reduzir o prejuízo e aumentar os ganhos. “Com o conteúdo que aprendi, consegui impulsionar a loja, e estamos registrando crescimento”, relata.

Cidadania financeira
O programa de que Yasmin participou é o Associado ao Negócio, desenvolvido pela instituição financeira cooperativa em parceria com o Sebrae ES e a Organização das Cooperativas do Brasil (OCB/ES). A iniciativa tem por objetivo a capacitação de empresários, auxiliando-os na obtenção de melhores resultados.

Segundo o Banco Central, atividades como essa contribuem para a expansão do conceito de cidadania financeira. De acordo com o órgão, a expressão está relacionada ao exercício dos direitos e deveres nas atividades relacionadas à movimentação de valores no dia a dia, como o planejamento do orçamento familiar e os investimentos.

Debate
Alguns dos resultados alcançados por meio do projeto do Sicoob ES serão apresentados no III Fórum de Cidadania Financeira, nesta terça-feira (7), a partir das 11h30. O diretor-executivo da cooperativa, Nailson Dalla Bernadina, representa a instituição no painel “Iniciativas capixabas para a cidadania financeira”, apresentando dados como o número de pessoas beneficiadas, que deve ultrapassar, até o final do ano, 1.100 empresários capacitados em 25 municípios do Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Bernadina ainda participa de um debate com o vice-governador do Espírito Santo, César Colnago, e com o diretor de crédito e fomento do Bandes, Everaldo Colodetti. “A educação financeira propicia maior controle das finanças e o aproveitamento de melhores oportunidades, o que é vital para crescimento dos negócios no Estado. Por isso, o debate de tais temas se faz mais do necessário”, destaca.

O fórum, promovido pelo Banco Central, será realizado nesta terça e quarta-feira (7 e 8), no Centro de Convenções de Vitória.

Sobre o Sicoob
O Sicoob é o maior sistema cooperativo de crédito do País. Aberto a empresas e a pessoas físicas, trabalha com produtos e serviços tipicamente bancários, com custos menores do que os do mercado. Os associados, que são donos do negócio, participam dos resultados e dispõem de tecnologia que facilita a movimentação. Além disso, têm a mesma segurança que os clientes de bancos comerciais, pois a instituição garante cobertura de R$ 250 mil por cliente.

Com operação no Espírito Santo e no Rio de Janeiro, o Sicoob ES tem 230 mil associados. São oito as cooperativas filiadas: Norte, Leste Capixaba, Centro-Serrano, Sul-Serrano, Sul, Sul-Litorâneo, Sicoob Credirochas e Sicoob Credestiva. O sistema atua em todo o Brasil, com 2,5 mil unidades, e atende 3,7 milhões de associados.