Rua José Farias, 98, sala 806 - Santa Luíza, Vitória - ES.

Evitar bebida alcoólica ajuda a prevenir câncer de mama

Campanha Outubro Rosa deste ano chama a atenção para a adoção de estilo de vida mais saudável, com alimentação equilibrada e exercícios

 

Uma mudança no estilo de vida, com atividade física frequente e alimentação equilibrada, ajuda a prevenir uma série de doenças, entre elas o câncer de mama. A campanha Outubro Rosa deste ano, lançada pela Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), visa a chamar a atenção das mulheres para evitarem hábitos como sedentarismo, tabagismo e ingestão de bebidas alcoólicas. O tema é “Quanto antes melhor”.

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), 29% dos casos de tumor no Brasil são de mama. Destes, 30% poderiam ser evitados com mudanças de hábitos no dia a dia, como consumir alimentos mais saudáveis e menos industrializados.

“De maneira geral para todos os cânceres, uma dieta rica em fibras e pobre em gordura, associada à atividade física regular, pode ajudar na prevenção”, explica o radio-oncologista Guilherme Rebello, do Instituto de Radioterapia Vitória (IRV). 

A prevenção do câncer de mama não é feita apenas com mudanças na rotina. É preciso ir ao médico periodicamente e realizar os exames anuais, como a mamografia. Guilherme Rebello explica que muitas vezes a doença não dá sinais aparentes, por isso a importância de não se descuidar e investigar a menor suspeita.

“Geralmente, a paciente se apresenta assintomática. Entretanto, pode-se evidenciar distorção da mama, vermelhidão local, nódulo palpável em mama e/ou axila, até pele em casca de laranja. Após detecção por exames de imagem, a confirmação do tumor se dá através de uma biópsia”, afirma o médico.

De acordo com Guilherme Rebello, a partir dos 40 anos, é indicado a realização de exame de imagem anual. “Mas caso a paciente tenha histórico de tumor de mama em familiar de primeiro grau, alguma mutação genética sabida ou até história prévia de irradiação torácica, é recomendado iniciar o rastreio mais precocemente”, pontua.

 

Tratamento

Quando o tumor de mama é descoberto em fase inicial, o tratamento tem maior potencial curativo. Caso a doença possua metástases (quando o câncer se espalha para outros órgãos), o cuidado médico busca prolongar a sobrevida.

Uma vez diagnosticada, a pessoa será orientada por seu oncologista sobre o plano terapêutico a ser implementado, que pode incluir cirurgia, quimioterapia, radioterapia, hormonioterapia e terapia biológica (terapia alvo).

Segundo Guilherme Rebello, quando o diagnóstico do câncer de mama ocorre de forma precoce, os índices de sucesso do tratamento radioterápico são altos.

“Nos casos de tumores iniciais, a radioterapia geralmente é empregada após uma cirurgia conservadora, aquela que não retira toda a mama, apenas o nódulo. Isso se faz necessário, pois reduz significativamente as chances da doença retornar. Hoje, no IRV, com as novas tecnologias empregadas, conseguimos entregar esse tratamento com apenas 15 sessões”, afirma.

 

Novos casos

O INCA estima que em 2020 serão registrados 66.280 novos casos de câncer de mama no Brasil. Já o Espírito Santo teve 898 registros deste tipo de tumor de janeiro a julho de 2020, segundo o Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde (SIH/SUS). 

O câncer de mama é um tumor maligno que pode evoluir de formas diferentes, algumas mais lentamente, outras mais rápido.

No Brasil, a doença matou 17.763 pessoas, sendo 17.572 mulheres e 189 homens, segundo o Atlas de Mortalidade por Câncer (2018). Dados preliminares do Sistema de Informação de Mortalidade da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) apontam 361 óbitos pela doença em 2019 no Espírito Santo. De janeiro a agosto deste ano, 197 mulheres morreram em decorrência da doença no Estado.

 

Sobre o IRV

Fundado em 2005, o Instituto de Radioterapia Vitória (IRV) é a única clínica privada do Espírito Santo para o tratamento de câncer por meio deste serviço. Funciona nas dependências do Vitória Apart Hospital, na Serra, com tecnologia de ponta e equipe altamente qualificada que tem como filosofia de trabalho o acolhimento dos pacientes.

O IRV tem convênio com os maiores planos de saúde do Espírito Santo, como Unimed, Samp, São Bernardo, Bradesco Saúde, MedSênior, Pasa/Vale, ArcelorMittal, Petrobras, Cassi (BB), Saúde Caixa, Banescaixa, Amil, entre outros.

 

 

Como prevenir câncer de mama

 

– Alimentação saudável, com alimentos ricos em fibras e menos industrializados

– Praticar atividades físicas regulares

– Evitar o sobrepeso

– Parar de fumar e diminuir a ingestão de bebidas alcoólicas

– Fazer sempre o autoexame das mamas

– Ir ao médico ginecologista para fazer check-up anual

 

Fonte: Guilherme Rebello, radio-oncologista

 

Deixe um comentário