Rua José Farias, 98, sala 806 - Santa Luíza, Vitória - ES.

Oito em cada dez pessoas que têm câncer de cabeça e pescoço foram ou são fumantes

De acordo com um levantamento do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), oito em cada dez de seus pacientes acometidos pelo câncer de cabeça e pescoço já foram ou são fumantes.

O dado ressalta a importância de se evitar o tabagismo, que pode aumentar em até 20 vezes os riscos de uma pessoa saudável desenvolver a doença, segundo informações da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP).

Ainda conforme dados do Icesp, o consumo de álcool também está presente em 50% dos casos de câncer de cabeça e pescoço, e a combinação entre o cigarro e a bebida pode aumentar o risco de tumores em até cem vezes.

A rádio-oncologista do Instituto de Radioterapia Vitória (IRV) Anne Karina Kiister Leon afirma que o diagnóstico precoce é um dos principais aliados no combate à doença.

“Além de manter uma alimentação saudável e praticar exercícios físicos, é fundamental que todas as pessoas fiquem atentas a alguns sinais que podem indicar a presença desse tipo de tumor”, diz Anne Karina Kiister Leon.

Sintomas

Manchas ou feridas nos lábios e na boca que não somem em até duas semanas, machucados causados por próteses dentárias mal ajustadas, rouquidão permanente, dificuldade de engolir e nódulos no pescoço são sintomas que não devem ser ignorados, segundo a rádio-oncologista.

“Os cânceres que acometem a cabeça e o pescoço muitas vezes podem ser vistos a olho nu. Por isso, é necessário manter uma observação cuidadosa para que, se diagnosticada a doença, o tratamento seja iniciado rapidamente, o que muda o curso do problema e faz com que as chances de cura ultrapassem 70%”, explica a médica.

Câncer de cabeça e pescoço

São chamados de cânceres de cabeça e pescoço os tumores que se manifestam na boca, na laringe e na faringe, entre outras localizações da cabeça e do pescoço.

Para prevenir a doença, além de evitar o tabagismo e o consumo de bebidas alcoólicas, é fundamental usar preservativos durante as relações sexuais, manter uma alimentação saudável e uma boa higiene bucal e consultar-se regularmente com um dentista.

Related Posts

Deixe um comentário