Rua José Farias, 98, sala 806 - Santa Luíza, Vitória - ES.

Manuseio e técnicas corretas aumentam lucro dos produtores

Os resultados incluem mais produtividade e economia na lavoura

 

Muitos agricultores reclamam que o preço do café está baixo, mas não adotam medidas para mudar a forma de produzir, aperfeiçoar a qualidade e aumentar a valorização do grão. Com algumas ações e o manejo correto da irrigação e da fertirrigação, é possível aumentar o lucro do produtor.

De acordo com o Centro de Desenvolvimento do Agronegócio (Cedagro), para a produtividade de 120 sacos/ha, o custo de energia e de adubação pode chegar a 30% do total de produção do café. Segundo Elídio Torezani, diretor da Hydra Irrigações, o manejo correto pode reduzir os gastos em até 50%.

O assunto foi abordado na Feira de Agronegócios da Cooabriel, realizada entre os últimos dias 8 e 10. Como exemplo de caso de sucesso, o diretor da Hydra Irrigações cita os irmãos Jerri Merlo Bianchi e Zandonaide Merlo Bianchi, pequenos produtores do município de Governador Lindenberg.

“Nesta fazenda, foram produzidos 105 sacos/ha numa área de 2,5 ha. O café estava com 30 meses de idade quando foi colhido e a economia de fertilizantes foi na ordem de 50% do planejado inicialmente. Um resultado excelente, que é reflexo de um manejo bem orientado”, afirma Torezani.

Técnica

Para que um sistema de irrigação alcance os melhores resultados, é preciso cumprir uma série de etapas. Desde a escolha da tecnologia mais adequada para o tipo de agronegócio até o manuseio correto na aplicação da água durante o plantio. Do contrário, o produtor rural corre o risco de ver a lavoura não alcançar os resultados esperados.

Para evitar esse problema, a ajuda de especialistas torna-se fundamental, tanto na instalação quanto no acompanhamento da utilização dos equipamentos para os diferentes tipos de irrigação, seja por gotejamento, microaspersão ou aspersão.

Orientação

“Com a evolução das técnicas de irrigação, o produtor rural precisa ser bem orientado. Há detalhes que somente os especialistas naquela tecnologia são capazes de ensinar, de forma a garantir que a ferramenta utilizada alcance o seu melhor desempenho”, explica o engenheiro agrônomo Eduardo de Aragão Santana, que atua no pós-venda da Hydra Irrigações.

Esse serviço consiste na orientação do proprietário e de sua equipe sobre como manejar, dar manutenção e diluir os fertilizantes na água, por exemplo, se o sistema adotado for o de fertirrigação.

Eficiência

“Com as instruções que damos aos produtores, nosso objetivo é dar a maior longevidade possível ao sistema de irrigação instalado, para que não perca as características iniciais e se mantenha eficiente durante todo o tempo de funcionamento”, destaca Eduardo.

O gerente comercial Abel Fonseca ressalta que, com quase 30 anos de experiência no mercado, a Hydra sempre se preocupou em estudar soluções e realizar projetos de irrigação sob medida para os diferentes tipos de agronegócio. Para isso, a empresa procura utilizar o que há de melhor em equipamentos. Compromisso que se estende durante os meses seguintes à instalação.

“Temos o compromisso de atender e de dar suporte agronômico ao cliente após a entrega do equipamento. Basta que ele entre em contato conosco solicitando uma assistência e a nossa equipe o atenderá o mais rápido possível”, afirma Abel Fonseca.

 

Deixe um comentário