Rua José Farias, 98, sala 806 - Santa Luíza, Vitória - ES.

Parar de fumar agora previne sintomas mais severos da Covid-19

Segundo o INCA, fumantes têm seu sistema respiratório prejudicado pelo cigarro. Se forem contaminados, podem ter a saúde ameaçada

 

Quem anda pensando em parar de fumar em plena pandemia de coronavírus, por conta dos riscos de contrair a forma grave da Covid-19, ganhou um incentivo a mais para tomar logo essa decisão. O Instituto Nacional de Câncer (INCA) divulgou nota em que alerta que o tabagismo compromete a capacidade pulmonar, deixando o fumante mais vulnerável à doença, e recomenda a largar o cigarro o quanto antes. 

“De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), ao levar as mãos não higienizadas à boca para fumar, pode-se contrair o vírus. Tabagistas têm seu sistema respiratório prejudicado pelo fumo, e, portanto, se infectados pelo coronavírus, podem ter sua saúde ainda mais ameaçada”, afirma a nota do INCA. 

A radio-oncologista Anne Karina Kiister Leon, do Instituto de Radioterapia Vitória (IRV), explica que isso acontece porque os fumantes têm maior risco de infecções por vírus, bactérias e fungos. Para a médica, parar de fumar é a melhor decisão. 

“Sempre é hora de parar. Quanto mais cedo a pessoa largar o cigarro, melhor. Uma vez feito um determinado estrago no pulmão, é muito difícil reverter. Mas é possível parar esse dano em vez de aumentá-lo”, afirma Anne Kiister.

 

Desafio da ansiedade

Segundo a especialista, parar de fumar durante a pandemia é mais desafiador porque as pessoas andam mais ansiosas devido ao isolamento social e por não conseguirem se exercitar, porém não impossível. Ela sugere encontrar um hobby ou uma atividade física que possa ser feito dentro de casa, com objetivo de liberar endorfina, o hormônio que dá às pessoas a sensação de prazer. 

“Uma dica é começar reduzindo o número de cigarros. Se fuma um maço, reduza para meio maço. É preciso ter força de vontade, saber que vai ser difícil, e tentar se segurar”, diz a médica. 

Fumar aumenta o risco de complicações de dezenas de doenças, como as cardiovasculares, derrame cerebral, bronquite, enfisema e diversos tipos de câncer.

Anne Kiister destaca ainda que não são apenas os tumores de pulmão que podem ser causados pelo cigarro. “Cânceres das vias urinárias, do trato gastrointestinal (esôfago, estômago, intestinos, por exemplo), e de cabeça e pescoço também têm como fator desencadeante o tabagismo.”

O câncer de pulmão, por exemplo, nem sempre é descoberto em estágio inicial. Mas há possibilidades de tratamento com radioterapia. 

“Na radioterapia usamos imagem tridimensional. Fazemos a fusão para que as lesões sejam englobadas e também conseguimos reduzir o campo de tratamento. Usamos ainda técnicas de localização de posicionamento. As sessões são diárias e podem ser convencionais ou hipo fracionadas, ou seja, com dose diária maior”, afirma Anne Kiister.

 

Sobre o IRV

Fundado em 2005, o Instituto de Radioterapia Vitória (IRV) é a única clínica privada do Espírito Santo para o tratamento de câncer por meio deste serviço. Funciona nas dependências do Vitória Apart Hospital, na Serra, com tecnologia de ponta e equipe altamente qualificada que tem como filosofia de trabalho o acolhimento dos pacientes.

O IRV possui convênio com os maiores planos de saúde do Espírito Santo, como Unimed, Samp, São Bernardo, Bradesco Saúde, MedSênior, Pasa/Vale, ArcelorMittal, Petrobras, Cassi (BB), Saúde Caixa, Banescaixa, Amil, entre outros.

 

 

SUGESTÃO DE TABELA

 

Dicas para largar o cigarro

 

  1. Marque uma data ainda esta semana para deixar de fumar.
  2. Enquanto a data não chega, reduza o número de cigarros diariamente, começando pelo adiamento do primeiro do dia. Não fume logo depois do café da manhã, do almoço, do lanche e do jantar. Essas medidas ajudam a preparar o corpo.
  3. Um dia antes da data, quando for dormir, molhe com água todos os cigarros que sobraram no maço e jogue-os no lixo.
  4. Não deixe nenhum cigarro para o dia seguinte porque, se tiver vontade de fumar e não tiver cigarros em casa, você terá mais sucesso.
  5. Se der vontade de fumar, lembre-se que a vontade de fumar só dura 5 minutos. Para se distrair nesse tempo, ligue a televisão, tome um banho, coma uma fruta, faça um exercício respiratório…
  6. Lembre-se de que essa vontade de fumar irá diminuir à medida que os dias forem passando. Tenha paciência.

 

 

Deixe um comentário