Rua José Farias, 98, sala 806 - Santa Luíza, Vitória - ES.

Receita de serviços de R$ 202 milhões puxa resultado de 2019 do Sicoob ES, mesmo com tarifas baixas

A instituição financeira cooperativa ainda dobrou número de associados em cinco anos

No ano de 2019, o Sicoob ES gerou muitos bons resultados, coroando a chegada aos 30 anos de atuação. A receita de serviços chegou a R$ 202,8 milhões, com avanço de 35,6%, o maior crescimento entre todos os indicadores avaliados. No final de 2018, a receita do segmento estava em R$ 149,5 milhões.

Bento Venturim, presidente do Sicoob ES, enfatiza que a instituição financeira cooperativa conseguiu este avanço significativo mesmo com a prática de taxas que estão abaixo da média do mercado. O indicador cresceu devido ao aumento da busca por produtos como seguros, consórcios e serviços de cobrança pelos associados.

“Os nossos números refletem uma atuação comprometida com o crescimento em conjunto e com a busca por soluções mais vantajosas para os associados”, ressalta.

Cooperados

Aumentou também o número de pessoas que passaram a fazer parte do Sicoob. Foram 52,3 mil novas adesões que fizeram a cooperativa chegar a 336,2 mil associados no fechamento de 2019, um salto de 18,6% quando comparado ao quadro social de 2018.

Para Bento Venturim, a procura por uma instituição que facilite a gestão das finanças e auxilie o usuário na resolução de suas demandas é um fator que contribui para a identificação do público com o Sicoob. Além disso, os cooperados participam da divisão dos resultados obtidos e da tomada de decisões.

“Nos últimos cinco anos, o quadro de associados dobrou de tamanho. Esse dado concretiza o reconhecimento crescente da sociedade por uma opção melhor em comparação com outras instituições financeiras”, afirma.

Os ativos evoluíram, alcançando R$ 7,6 bilhões, ante R$ 6,9 bilhões no exercício anterior, um salto de 8,6%. O patrimônio líquido avançou 15%, fechando o ano em R$ 1,9 bilhão.

 

 

Poupança

A poupança passou para R$ 893,7 milhões, uma elevação de R$ 150,1 milhões (+20,2%) em relação ao resultado de 2018. Os depósitos alcançaram R$ 4,5 bilhões, com avanço de 10,2% em um ano.

O presidente acredita que este aumento significativo representa o aumento da confiança no Sicoob. “As pessoas enxergam os benefícios de fazer parte do sistema cooperativo de gestão das finanças”, diz.

O Índice de Eficiência Administrativa (IEA) do Sicoob ES no final de 2019 foi de 38,55%, o que significa que, a cada R$ 100 de receita, o Sicoob gastou R$ 38,55 com custos administrativos.

Sobras

A instituição financeira cooperativa encerrou o exercício com R$ 327 milhões de sobras brutas, que equivalem ao lucro da instituição financeira cooperativa. O valor foi 7% maior do que o do exercício anterior.

Desse total, R$ 157,8 milhões serão distribuídos aos associados, sendo R$ 55 milhões referentes ao pagamento dos juros sobre o capital social, que foi realizado em 31 de dezembro último.

Os outros R$ 102,1 milhões serão colocados à disposição dos sócios nas assembleias de prestação de contas, realizadas até 29 de abril próximo. Os encontros têm a expectativa de reunir mais de 60 mil pessoas em todas as regiões de atuação da instituição.

O restante é destinado ao Fundo de Reserva e ao Fundo de Assistência Técnica, Educacional e Social (Fates).

Crédito liberado

Em 2019, o Sicoob ES liberou R$ 7,2 bilhões em crédito para os associados, um aumento de 8% em relação ao ano anterior. Nailson Dalla Bernadina, diretor executivo do Sicoob ES, ressalta que o apoio da instituição aos seus associados é vital para o desenvolvimento de negócios locais e para o fomento da economia regional.

As carteiras de crédito rural e comercial, somadas, fecharam o ano em R$ 4,6 bilhões, com elevação de 13% na comparação com 2018. A inadimplência se manteve dentro da expectativa projetada e próxima dos índices de mercado, registrando 3,84% ao final do exercício.

Participação de mercado

Em nível estadual, a instituição financeira cooperativa detém cerca de 14% do volume de depósitos e cerca de 13% do total da carteira de crédito, segundo dados do Banco Central.

Enquanto as instituições financeiras convencionais reduziram o volume de pontos de atendimento e de emprego, o Sicoob ES elevou em 15% a sua equipe de trabalho, contando com 1.696 funcionários no fechamento do exercício.

Os dados foram divulgados em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (20), no Lounge Findes Sicoob, em Vitória.

———————————————————————-

Novas agências no ES, no RJ e na BA

 

O plano de expansão do Sicoob ES inclui a abertura de novas agências no Espírito Santo, no Rio de Janeiro e na Bahia. A instituição apresentou ao Sicoob Confederação e ao Banco Central estudos para ampliação da sua área de atuação.

Aqui no Estado, Cariacica, Vila Velha, Vitória, Serra, Mantenópolis e Domingos Martins devem receber novos pontos de atendimento até o final de 2020, assim como as cidades fluminenses de Petrópolis, Rio Bonito, Três Rios, Nova Friburgo e Vassouras.

Bento Venturim destaca que o constante investimento em tecnologia da informação, com o objetivo de facilitar a experiência dos associados com a cooperativa, é complementado pela proximidade propiciada pelos pontos de atendimento.

No ano passado, foram inauguradas agências na Serra, Linhares, Vila Velha e Vitória, aqui no Estado. No Rio de Janeiro, a instituição abriu novos pontos de atendimento para Campos dos Goytacazes, Macaé, Araruama, Maricá, São Pedro da Aldeia, Saquarema, Teresópolis, Barra do Piraí e Valença. Na Bahia, a cidade de Ilhéus recebeu a primeira unidade do Sicoob ES.

Ao todo, foram abertas 15 novas agências em 2019.

——————————————————————

Trajetória de cooperativa é contada em livro

O Sicoob chegou a três décadas de atuação no Espírito Santo, em 2019. Para celebrar a trajetória de sucesso, o vice-presidente estadual da instituição, Arno Kerckhoff, conta a história do Sicoob Centro-Serrano, uma das cooperativas que integram o Sicoob ES.

Kerckhoff preside e é um dos fundadores da cooperativa que tem sede em Santa Maria de Jetibá, na Região das Montanhas. No livro comemorativo, ele fala sobre todas as dificuldades que os cooperados encontraram para conquistar o propósito que os uniu: a busca por melhores condições de vida por meio da oferta justa de crédito rural.

O cenário era difícil, com a alta da inflação rondando o mercado. São apresentados também os principais indicadores de desenvolvimento da cooperativa e sua posição no cenário do cooperativismo financeiro nacional.

O dirigente aproveita para fazer uma linha do tempo com os principais fatos que marcaram a história do Sicoob Centro-Serrano. “O desenvolvimento, as dificuldades e a economia da época são assuntos recorrentes, assim como alguns acontecimentos que nunca saem da nossa memória”, pontua.

Kerckhoff ainda faz uma analogia entre a cooperativa e a cultura pomerana presente no município de fundação. Segundo ele, é uma forma de evidenciar a cultura do trabalho comunitário que persiste até hoje no cooperativismo.

—————————————————————————————

Mais de R$ 1,8 milhão investidos em projetos voltados à comunidade

Um dos sete princípios do cooperativismo é o interesse pelas comunidades, concretizado pelo investimento em ações que visam ao desenvolvimento dos locais em que as instituições atuam.

Sandra Kwak, superintendente institucional do Sicoob ES, afirma que essa premissa é presente no trabalho realizado pelas cooperativas que lidera por meio da prática e da promoção de projetos que integram crianças, jovens e adultos.

No ano passado, o Sicoob ES alocou mais de R$ 1,8 milhão em iniciativas voltadas ao empreendedorismo, desenvolvimento sustentável, cidadania financeira e saúde.

Algumas ações

O projeto Arte de Somar, por exemplo, promove a conscientização sobre a administração correta do dinheiro e dos recursos, por meio de oficinas para estudantes. As ações abrangeram 5,1 mil participantes em 2019, em 16 municípios.

Nas cooperativas mirins, alunos aprenderam o conceito da colaboração para o alcance de objetivos comuns por meio do trabalho em conjunto. O projeto foi criado em parceria com a Organização das Cooperativas do Brasil (OCB/ES).

Por meio do programa Associado ao Negócio, micros e pequenos empresários foram capacitados para gerir melhor os seus empreendimentos. Ao todo, 729 cooperados integraram as turmas de 2019.

Um total de 45 projetos sociais foi selecionado pelo Sicoob ES, por meio de um edital, para receber os recursos do Fundo de Investimento Social (FIS). Cerca de 15 mil pessoas estão sendo beneficiadas, em 29 municípios. O segundo edital será lançado em abril deste ano.

 

————————————————

Novo sistema para facilitar pagamentos

Os associados ao Sicoob agora podem pagar contas fazendo apenas a leitura de um QR Code com a câmera do celular.

O sistema de pagamentos SicoobPay, liberado recentemente dentro do aplicativo Sicoob, permite que o débito seja feito de três formas. Uma delas é usando o saldo da conta corrente. Outra, a criação de uma linha de crédito instantânea, com prazo de até 20 dias para pagar, sem juros. E ainda há a possibilidade de parcelar em até seis vezes no crédito.

“É uma forma dinâmica de realizar transações, como pagar um boleto ou dividir uma conta no bar, por exemplo”, explica o diretor-executivo do Sicoob ES, Nailson Dalla Bernadina.

Após o período de testes, a funcionalidade também vai ser disponibilizada para as pessoas que ainda não são associadas ao Sicoob, por meio do cadastro de um cartão de crédito como meio de pagamento.

———————————————————————————————————-

Os resultados e informações apresentadas referem-se ao balanço combinado das cooperativas integrantes do Sistema Sicoob ES filiadas ao Sicoob Central ES.

———————————————————————————————————-

Sobre o Sicoob

O Sicoob é o maior sistema cooperativo de crédito do País. Aberto a empresas e a pessoas físicas, trabalha com produtos e serviços tipicamente bancários, com custos menores do que os do mercado. Os associados, que são donos do negócio, participam dos resultados e dispõem de tecnologia que facilita a movimentação. Além disso, têm a mesma segurança que os clientes de bancos comerciais, pois a instituição garante cobertura de R$ 250 mil por cliente.

Com operação no Espírito Santo e no Rio de Janeiro, o Sicoob ES tem mais de 336 mil associados. São sete as cooperativas filiadas: Norte, Leste Capixaba, Centro-Serrano, Sul-Serrano, Sul, Sul-Litorâneo e Sicoob Credirochas. O sistema atua em todo o Brasil, com 3 mil unidades, e atende 4,4 milhões de associados.

Deixe um comentário